Segunda-feira, 26 de setembro de 2022, às 11:39:41- Email: [email protected]




Almir Suruí pode ser o primeiro indígena eleito Deputado Federal por RO

Ele pode repetir o feito de Mário Juruna que se elegeu deputado federal há 30 anos
Assessoria

Rondoniaovivo.com
Foto: Divulgação
Almir Narayamoga Surui nasceu 5 anos após o contato com não indígena. Hoje, tem 48 e vive na aldeia Lapetanha na Terra Indígena Sete de Setembro no município de Cacoal, interior de Rondônia. Ele é pai de 6 filhos entre eles Txai Suruí, a única
mulher indígena com discurso de impacto na Cop 26.

almir-surui-pode-ser-o-primeiro-indigena-eleito-deputado-fe… 2/18
Com o incentivo de seu Pai, saiu de sua aldeia com 15 anos para aprender a falar melhor o português, as leis não indígenas, os direitos indígenas, os códigos dos não indígenas e lutar pela defesa de seu povo, integridade de seu território e proteção da natureza.
Biólogo e doutor em geografia e ciências sociais. Com sua experiência entendeu que poderia aproveitar dos conhecimentos adquiridos para promover o desenvolvimento planejado e sustentável da Terra Indígenas Sete de Setembro e garantir o bem-estar para os Paiter.
Em sua caminhada na disputa pelo cargo de Deputado Federal pelo Estado de Rondônia Almir recebeu doação de 5 mil reais
do Apresentador Luciano Huck, apoio de pessoas influentes no Brasil e mundo como a filha Txai Suruí, a candidata a Deputada Federal Lucélia Santos do PSB, Ciro Gomes que concorre à presidência da República também enviou um vídeo de apoio à Almir, o vídeo foi publicado em suas redes sociais, e ele foi único candidato do seu partido que teve esse apoio de um candidato majoritário, a atriz Camila pitanga já sinalizou apoio à Almir, o que deve ser confirmado nos próximos dias. Em suas redes usa a #daaldeiaparaocongresso. Se apresenta como Candidato através do número 1213.
“Essa oportunidade só cresce o compromisso e responsabilidade com estado, com povo de Rondônia e que essa possibilidade venha crescer também e mostrar que é possível com a união do povo buscar o novo, uma nova maneira de
fazer política com pessoas novas e com compromisso novo!” Diz Almir Suruí sobre sua candidatura.

- Advertisement -

Fez um plano de gestão de seu território de 50 anos, transformou área de capoeira em terras produtivas, que no mesmo espaço tem floresta, plantio de cacau, castanha, banana e café, o café produzido pelo seu povo é um café considerado pelos
especialistas como especial e também é produzido de forma orgânica, já foi exportado para Suíça e hoje é comercializado pela empresa três corações. Está a frente da criação da primeira universidade indigena do Brasil e muito outros projetos e trabalhos.
Em 2022 completa a sua caminhada em 50 países do globo, levando o nome de Rondônia e dos povos indígenas do Brasil.
Premiações e reconhecimento:
1)Prêmio Internacional de Defensor de Direitos Humanos, em Genebra Suíça dado em 2008;
2)Prêmio da Missing Foundation, pela proteção e restauração de habitats e espécies florestais;
3)Reconhecimento da cidade de San Francisco na Califórnia com o “dia do Chefe Almir” em que se comemora no 4 de
outubro, o dia da luta pelo meio ambiente;
4) Foi considerado um dos 100 pessoas mais influente do Brasil pela revista época e também um dos 100 mais influente no
mundo dos negócios pela revista fest company.
Entre vários outros prêmios e indicações internacionais.
Propostas:
A proposta inicial é fazer um estudo da área da região do estado de Rondônia, identificar quais as principais potencialidades e demandas, destinar recursos que possam ser voltados aos municípios para atender a população, Colocar o Estado de Rondônia em destaque por atividades e notícias positivas e ser referência em inovação, além de fazer com que o Estado  seja modelo de gestão para o mundo.
Oferecer Saneamento básico e Saúde – Estudos comprovam que cidades que possuem saneamento básico reduz muito os  problemas de saúde da população local, por isso Almir pretende propor projetos de leis que garantam o saneamento básico
para toda a população urbana e rural e através emendas destinar para garantir melhorias no setor de saúde do estado de
Rondônia.
Meio ambiente – Almir pretende mostrar que os povos indígenas não são contra o desenvolvimento, mas mostrar que é possível sim desenvolver sem desmatar, de forma responsável e planejada como foi feito em seu território e assim garantir
um desenvolvimento com responsabilidade ambiental social e econômico, garantindo a qualidade de vida dos cidadãos
Rondonienses.
Setor Rural – Investir e implementar tecnologias para atrair o mercado exterior, buscar selos e certificação ambiental, aumentar a conexão de exportação de produtos de Rondônia. Também desenvolver políticas públicas que atendam os
pequenos agricultores familiares. Apostar na inovação, pesquisas e tecnologias para garantir melhorias e qualidade da produção agrícola do estado. “ Para desenvolver o estado não precisamos desmatar nem um centímetro a mais, podemos
sim produzir mais e com qualidade com as áreas que já temos e é isso que eu quero ter a oportunidade de mostrar como
Deputado Federal.” Afirma Almir Suruí.
Mulheres – Construir políticas públicas para mulheres e com isso garantir a geração de emprego e renda para muitas mulheres que fazem o papel de pai e mãe, garantir mais segurança para mulheres, principalmente vítimas de violência de qualquer natureza, realizar campanhas e discutir projetos contra feminicídios.
Inovação – implementação do projeto vagalume de energia solar em espaços públicos e escolas, fazendo assim que haja  menos gastos e menos impostos, além de garantir a sustentabilidade e preservação do meio ambiente.
Construir políticas públicas que beneficiem empresas e comércio, indústrias e turismo local, pois esses setores foram muito  atingidos pela pandemia da covid e precisam se reergue, com isso gerar mais dinheiro circulando no estado oportunizando
Educação e juventude – Também é prioridade a construção de políticas públicas para a educação, fazer com que os jovens permaneçam nas universidades e escolas. melhorar a qualidade do ensino de crianças e jovens que foram muito afetados
durante. Pandemia. Garantir uma rede de apoio à jovens da zona rural e aldeias que precisam sair de suas localidades e cursar em uma universidade nas áreas urbanas.
Povos Indígenas – Representar os povos indígenas de Rondônia e do Brasil dentro da câmara dos deputados, participar  ativamente das tomadas de decisões que forem afetar direta ou indiretamente as populações indígenas do Brasil. Ir em
busca de melhorias para a população indígena do Brasil.

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias

Operação provoca tiroteio, fecha vias públicas e deixa três mortos

(FOLHAPRESS) - Uma operação policial no Complexo da Maré,...

Cadeirante morre após ser baleada em ataque a Escola; atirador ficou ferido

Uma aluna cadeirante, identificada como Geane da Silva Brito,...

Bagattoli escolhe Pastor Valadares como 1º suplente ao Senado; Candidatos pretendem lutar por pautas da direita

Buscando representar setores importantes da sociedade rondoniense, Jaime Bagattoli escolheu...

Bolsonaro lidera com folga nas redes com 49 mi de seguidores

O presidente e candidato à reeleição pelo PL, Jair...