Quarta-feira, 18 de maio de 2022, às 00:08:53- Email: [email protected]



É ouro! IFRO Campus Cacoal conquista medalha inédita na Olimpíada Brasileira de Agropecuária

A equipe de discentes do Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Cacoal, coordenada pelo Professor Leonardo Schockness, conquistou medalha inédita na disputa nacional da Obap (Olimpíada Brasileira de Agropecuária 2022) e ficou em quinto lugar.

A Obap é uma competição científica nacional destinada aos alunos do curso Técnico em Agropecuária e demais cursos do Eixo Tecnológico Recursos Naturais. O objetivo da competição é estimular o ingresso de jovens do ensino médio/técnico integrado, concomitante e técnico subsequente em carreiras técnico-científicas e docente, incentivando a participação em atividades de iniciação científica e a produção de tecnologia, colocando-os em situações desafiadoras, estimulando a cooperação e a integração entre eles, retornando assim, para a sociedade brasileira, benefícios originados da melhoria no ensino público de nível médio e técnico ligados à agropecuária.

A edição atual da Obap teve a fase virtual, em que as equipes foram classificadas com ouro, prata e bronze. Os alunos foram divididos do 1º ao 3º ano, por região. E a fase presencial que contou com a participação das equipes medalhistas por região na fase virtual, composta de 5 provas práticas em equipe: Calda bordalesa, regulagem de semeadora, adubação, inseminação artificial, levantamento topográfico, além de provas objetivas e dissertativas individuais.

- Advertisement -

O Coordenador e Professor Leonardo Schockness ressalta a importância da parceria com a Fazenda Jatuarana, fundamental para o sucesso da equipe nesta edição das olimpíadas: “Participar da fase presencial da Obap por si só já é motivo de alegria, principalmente com as dificuldades que tivemos, distância, ensino remoto, dificuldade com a escassez de implementos e maquinários, mas contamos com a colaboração de amigos e parceiros do IFRO, o Diogo e a equipe da Fazenda Jatuarana que nos auxiliou com a semeadora, o Pablo Reculiano que nos ajudou com a parte de inseminação, o Professor Joel e a Professora Talita pela tarde de sábado com a prática do Teodolito, entre outros”.

“A alegria com a equipe é imensa, foi a primeira vez de todos nós e conquistamos duas medalhas de ouro, a da fase virtual e a da fase presencial. Os discentes Ana Paula, Hebert e Suzana nos orgulham e indicam que estamos no rumo certo, pois disputaram a Obap com equipes do Brasil inteiro e trouxeram o ouro inédito para nosso campus e nosso estado”, completou o docente.

Os estudantes ressaltaram a oportunidade proporcionada durante o evento, e também o papel fundamental do IFRO, professores e estruturas, não só no resultado da Olimpíada mas de uma maneira geral em todo o processo de ensino. Para Ana Paula Salleze, do 3º ano do Técnico em Agropecuária Integrado, apesar das dificuldades do início, eles conseguiram vencer os desafios que apareceram na trajetória.

“Tivemos uma longa jornada, fomos em fazenda conhecer uma semeadora, aprender a regular, procuramos ajuda para a inseminação artificial, idas ao campus para as práticas topográficas, entre outras aulas complementares. Isso tudo foi essencial para a nossa aprendizagem. Nosso orientador sempre nos deixou a vontade e sempre aconselhou para ficarmos tranquilos, sem pressão. Era para aproveitar o momento, isso foi muito importante, ficamos bem tranquilos durante as avaliações. Para mim, foi uma experiência incrível, o contato com pessoas de outros campi, até mesmo conhecer o Campus do Alegre, uma realidade totalmente diferente da nossa”, afirma Ana Paula.

Também do 3º ano de Agropecuária, Suzana Frez Valentin conta sobre a experiência de ter participado e resume: “única e incrível”. Ela explica: “não só pela competitividade e pelos prêmios, mas também pelas amizades que fizemos lá. Nós tivemos a oportunidade de conhecer pessoas de vários estados diferentes, conhecer realidades distintas da nossa. Ir para a Obap, foi um sonho que se realizou, ganhar troféu e medalha de ouro então foi extraordinário, eu que achava que não choraria, chorei ao ouvir dizerem ‘Rondônia’. Foi uma alegria inexplicável que nós quatro ficamos”.

Suzana completa que “toda essa experiência, desde os treinos para as provas, a saída de Cacoal, foi tudo incrível. Eu nunca havia viajado de avião, e foi uma das coisas que a Obap, o IF, e a minha equipe me proporcionaram, até porque eu sei que sem eles eu não teria chegado lá. Desde o começo, desde o dia da inscrição nós tivemos uma união muito grande, e isso nos define como equipe: a nossa amizade e união. Na Obap, as nossas aptidões se reuniram e acredito que isso influenciou muito no resultado final, sem contar todas as coisas que o Professor Leonardo fez pela gente desde o início, sempre nos transmitindo uma tranquilidade muito boa. Eu sou muito grata por toda essa experiência que vivenciamos e por termos trago para o nosso Instituto um troféu que sempre significará muito para nós”.

Hebert Henrique Oliveira Lopes, 3º ano do Técnico em Agropecuária, diz ter sido uma ótima experiência, já que concluíram o curso ano passado. “Ainda mais por sermos egressos. Poder representar o nosso antigo campus e instituição é gratificante. No mais, a grande lição desse evento foi que ‘treino difícil promove prova fácil’, pois tudo que apanhamos durante o curso conseguimos realizar, mesmo que com alguns erros, de forma tranquila e consciente. Além disso, as pessoas e culturas diferentes que conhecemos e o novo ambiente também trouxeram um grande leque de perspectivas. Enfim, agradeço ao Professor Leonardo, a Salleze e a Suzana pelo ótimo trabalho em equipe, e também ao Instituto Federal como um todo, incluindo os organizadores e o nosso querido Campus Cacoal pela oportunidade de ouro”.

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias

Thiago Varejo faz palestra em Cacoal dia 31 de maio

O palestrante e empresário do Estado de Minas Gerais,...

Centro esportivo Golden Boys vence Copa Santa Luzia, em Sapezal

O Centro Esportivo Golden Boys participou da Copa Santa...

Cacoal intensifica campanha de combate às queimadas urbanas

A prefeitura de Cacoal, por meio de suas secretarias...

Em votação nominal unânime Câmara rejeita veto do executivo no PL 40

por Claudinei Sorce O poder legislativo municipal rejeitou o veto...