Espigão do Oeste garante moradia para vítimas de violência doméstica

Date:

Mulheres vítimas de violência doméstica e tentativa de feminicídio em Espigão do Oeste já contam com as garantias da Lei nº 2.462, que garante 10% das moradias de programas habitacionais para estas mulheres. A lei que já está em vigor, foi sancionada pela prefeitura do município e publicada no Diário Oficial de terça-feira, 11.

O texto ainda assegura que os benefícios sejam garantidos para moradias construídas com recursos próprios ou por meio de convênio com iniciativa privada. Para acessar o benefício é necessário comprovar a violência doméstica ou tentativa de feminicídio. Ser moradora do município há mais de três anos e não ser independente financeira.

Pela ainda serão amparadas famílias em situação de risco ou vulnerabilidade e caso seja a mulher a responsável financeira. No início serão priorizadas as pessoas que não possuem títulos de imóveis. Para proteger as vítimas a lei estabelece que seus nomes sejam ocultados da lista de beneficiários para as residências. Caberá a Secretaria Municipal de Assistência Social atender as mulheres e providenciar o cadastro no programa.

 Fonte: Cacoal Notícias

Compartilhar notícia:





Veja mais notícias

Após caçada, bebedeira e confusão entre amigos, homem acaba morto a tiros na área rural de Parecis

Na tarde desta terça-feira (18), um homicídio foi registrado...

Anvisa decide nesta quarta-feira liberação de autotestes de Covid-19

A diretoria colegiada da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) se...

Adolescente de 13 anos tenta suicídio em abrigo de Ji-Paraná

Na noite desta terça-feira (18), a Polícia Militar e...

Pai crava faca na perna de bebê de 8 meses durante briga com esposa

Um bebê de 8 meses de idade teve uma...