Terça-feira, 17 de maio de 2022, às 07:34:29- Email: [email protected]



Fila quilométrica de carretas por causa de enchente que interditou a principal rodovia de Rondônia

Um congestionamento quilométrico se formou no ponto de interdição da BR-364, entre Ariquemes (RO) e Itapuã do Oeste (RO), por causa da cheia do rio Jamari. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o rio alagou a pista e há cerca de um metro de água na rodovia, o que obrigou a interdição da via e o tráfego de qualquer veículo.

Imagens feitas pela Rede Amazônica nesta sesta sexta-feira (25) mostram a dimensão do congestionamento na rodovia, perto do trevo que dá acesso ao município de Alto Paraíso.

- Advertisement -

Devido ao bloqueio total da pista, motoristas que saem de Porto Velho ficam impedidos de chegar a cidades da região central ou do cone sul. E quem sai de viagem do interior também não chega na capital de Rondônia ou ao estado do Acre.

Segundo a PRF, centenas de carretas estão paradas em cerca de 20 quilômetros da BR-364.

A interdição da BR-364 começou na quinta-feira (24), durante a tarde, mas desde a manhã havia uma lâmina d’água sobre a pista.

Como dezenas de caminhoneiros estão parados na rodovia desde a quinta-feira, alguns já relatam falta de água e alimento.

“Já está faltando alimento e água. Estamos aqui desde às 15h10 de quinta-feira e a PRF só informou que não tem previsão [de liberação] e que a água está subindo”, diz Celso Pinto, caminhoneiro.

Alternativa para comer

Como alguns motoristas estão ficando sem comida, um grupo pegou varas de pesca e decidiu ir até o rio Jamari.

“A turma ali foi pescar pra ver se acha peixe pra gente e tomara que dê, porque se não der, a gente tá lascado”, afirmou o caminhoneiro Melksione Pinto .

Caminhoneiros vão pescar durante interdição da rodovia; ‘precisamos comer’ — Foto: Rede Amazônica

Um dos que foi atrás de peixe é Marciel, que vinha do Acre. “Estamos vindo de Rio Branco. Saímos de ônibus às 5h de quinta-feira e chegamos aqui às 17h. Estamos desde ontem esperando o rio baixar. O ônibus ficou uns 300 metros de distância de um restaurante e só assim pra fazer a alimentação”, o produtor rural.

A PRF informou nesta sexta-feira que não existe previsão para liberação da rodovia.

Por enquanto não há previsão de liberação da via, pois o rio Jamari ocupa 500 metros da pista, com um metro de profundidade. As chuvas na região seguem intensas, o que dificulta o escoamento da água”, diz o comunicado da polícia.

Rio Jamari passa por cima da BR-364 — Foto: Rinaldo Moreira/Rede Amazônica

 

Durante a manhã, o Corpo de Bombeiros foi ao local de alagamento prestar apoio aos PRFs que estavam desde a quinta-feira do outro lado do local.

Fonte: g1,RO

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias

CICLONE SUBTROPICAL

Preocupados com a possibilidade de alguns efeitos mais extremos...

Real Ariquemes é campeão Rondoniense 2022

O Real Ariquemes ficou no empate neste domingo, 15,...

Mulher reclama de som alto e tem orelha arrancada pelo vizinho: ‘Problema resolvido’

Um desentendimento entre vizinhos em Bertioga, no litoral de...

Sine de Porto Velho oferta 140 vagas de emprego nesta segunda-feira (16)

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Porto Velho está com...