Segunda-feira, 15 de agosto de 2022, às 12:10:03- Email: [email protected]




Governo precisa adotar medidas econômicas para preservar empregos, defende deputado Cirone Deiró

Porto Velho, RO – “O decreto 24.871 do governador Marcos Rocha trouxe providências importantes para evitar a propagação do vírus em nosso estado”, registrou o parlamentar, ao destacar que em 28 de fevereiro, havia feito contato com o titular da secretaria de estado da saúde, médico Fernando Máximo alertando para a necessidade de adotar  medidas preventivas para evitar uma possível disseminação do coronavírus-Covid-19 entre os rondonienses. Pelo decreto publicado no último dia 16 de março, estão suspensas as aulas nas escolas públicas, particulares, faculdades. Além da proibição das atividades dos cinemas, também estão vetadas a aglomeração de pessoas.

De acordo com o deputado Cirone Deiró, as medidas preventivas são importantes para evitar que o vírus se propague em Rondônia, mas, vai trazer sérias consequência para a economia local, colocando em risco até mesmo empregos em alguns setores. Segundo ele, em razão da pandemia mundial, a realidade da economia brasileira caminha para uma retração sem precedentes. “Essa é uma situação que também vai precisar de uma resposta do governador Marcos Rocha e sua equipe econômica com medidas práticas para proteger os empregos, especialmente na área do comércio e serviços”, avaliou.

Cirone Deiró disse que essa preocupação já foi manifestada pelo presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia-Fecomércio, Raniery Araújo Coelho que teme que os problemas causados pelo coronavírus-Covid-19 comprometam os empregos no setor do comércio e serviços. “Em contato com empresários de diferentes segmentos, o sentimento é de incerteza. Porque a suspensão de várias atividades impactará diretamente a economia”, analisou.

- Advertisement -

Para o deputado Cirone Deiró a resposta do governo de Rondônia para manter a economia minimamente aquecida e preservar os empregos precisa ser imediata e contemplar todos os setores da atividade empresarial e industrial do estado. Entre as providências a serem adotadas, o parlamentar defende que o executivo encaminhe a Assembleia Legislativa projeto para aprovação de um novo Programa de Recuperação de Crédito de ICMS, PVA e ITCD que contemple os débitos contraídos até 31 de dezembro de 2018.

Outra proposta defendida pelo deputado Cirone Deiró para o setor empresarial e agrícola do estado está relacionada a abertura de novas linhas de crédito para o setor industrial, empresarial e agrícola. “Além da necessidade de criar instrumentos para apoiar o setor produtivo com a liberação de novos recursos, o governo precisa intermediar a repactuação dos prazos de vencimento para os financiamentos nas instituições financeiras oficiais. O governo precisa agir para reduzir as consequências na vida dos trabalhadores rondonienses”, alertou.

Fonte: DECOM/ALE

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias

spot_img

CASSOL É CANDIDATO AO GOVERNO, ENQUANTO ANÁLISE DA LIMINAR NO PLENO DO TSE NÃO MUDAR ESTA DECISÃO

Enquanto não o fizer, Ivo Cassol continua com todos...

Alexandre de Moraes assume o TSE nesta terça; confira o perfil do ministro

Luana Patriolino O ministro Alexandre de Moraes é o relator...

Em Guajará-Mirim/RO, PRF apreende quase 25 KG de Drogas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, no início...

Receita publica portaria que regulamenta transação de créditos tributários

A Receita Federal publicou uma portaria que regulamenta a...