Quarta-feira, 18 de maio de 2022, às 00:11:56- Email: [email protected]



Local onde funcionava antigo hospital vira estacionamento para funcionários do comércio em Cacoal

Visando melhorias na mobilidade urbana da região central do município de Cacoal, o prefeito Adailton Fúria se reuniu no final da tarde da terça-feira, 08, com representantes do comércio, para estabelecer regras de estacionamento.

A reunião ocorreu na Avenida Dois de Junho, no local onde funcionava o antigo prédio do Hospital Unidade Mista, que foi demolido a cerca de três meses e onde foi inaugurado um estacionamento público.

Segundo Adailton, a reunião teve como foco principal, o incentivo de funcionários do comércio, a estacionarem seus veículos no local, a fim de liberarem a rotatividade dos estacionamentos localizados na frente dos pontos comerciais, o que facilita a mobilidade dos clientes e fomenta ainda mais as vendas.

- Advertisement -

Devido a dificuldade de estacionar veículos no centro comercial em horários de pico, alguns clientes acabam desistindo de realizar suas compras nos comércios localizados no perímetro, o que para os lojista, acaba gerando prejuízos.

” Como a grande maioria dos carros estacionados na frente das lojas são de funcionários, estamos incentivando que estes parem seus veículos no estacionamento público da Avenida Dois de Junho, para facilitar a rotatividade dos clientes”, afirmou Adailton.

Ainda segundo o prefeito, nas principais avenidas do Centro, serão instaladas placas estabelecendo tempo de estacionamento, para melhoria da mobilidade urbana.

Fonte: Segundo News

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias

Thiago Varejo faz palestra em Cacoal dia 31 de maio

O palestrante e empresário do Estado de Minas Gerais,...

Centro esportivo Golden Boys vence Copa Santa Luzia, em Sapezal

O Centro Esportivo Golden Boys participou da Copa Santa...

Cacoal intensifica campanha de combate às queimadas urbanas

A prefeitura de Cacoal, por meio de suas secretarias...

Em votação nominal unânime Câmara rejeita veto do executivo no PL 40

por Claudinei Sorce O poder legislativo municipal rejeitou o veto...