Mulher é morta com 12 tiros e marido desaparece com filho de 2 anos

Date:

Micaelen Santos Lima, 28 anos, foi assassinada com pelo menos 12 tiros de pistola calibre .380, a maioria na cabeça, no início da noite desse domingo (26), dentro de casa em um sítio na Comunidade Milagrosa, em Aripuanã (948 km da Capital), onde morava com o marido e dois filhos, um menino de apenas 2 anos e uma menina de 6.

O principal suspeito de ter cometido o crime é o marido de Micaelen, José Renato Pires De Freitas, 49 anos, mais conhecido por “Renatão”, que ‘desapareceu’ após  a morte da esposa.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por vizinhos que escutaram os diversos disparos de arma de fogo na residência. Os militares encontraram o corpo de Micaelen no chão de um dos quartos da casa.

Ao deixar a casa, Renato teria levado o filho e deixado na casa de sua filha mais velha, de outro casamento. A enteada de 6 anos teria ficado na residência.

De acordo com testemunhas, Renato e Micaelen passaram a tarde tomando banho em um rio da comunidade, junto com outros amigos, onde consumiram bebidas alcoólicas. No entanto, teriam permanecido distantes um do outro durante todo o tempo, demonstrando que estariam com problemas.

A irmã da vítima teria relatado aos policiais civis que Micaelen estava casada com “Renatão” há cerca de 5 anos, em um relacionamento  cheio de agressões físicas e ameaças de morte, pois o cunhado era extremamente ciumento.

O acusado está foragido.

Compartilhar notícia:





Veja mais notícias

SAÚDE – Edital de seleção de médicos segue aberto em Porto Velho com baixa apresentação de profissionais

Falta de profissionais reflete no atendimento em unidades de...

Motorista flagra caminhonete capotada sozinha às margens da BR 174, em Vilhena

Nesta quinta-feira, (27), um motorista que passava pela BR-174,...

Traficantes são presos na fronteira com mais de meia tonelada de droga

Mais de 608 kg de de cocaína, avaliados em...

MEC oficializa pagamento do Piso do Magistério

Por meio das redes sociais o presidente, Jair Bolsonaro,...