Quinta-feira, 19 de maio de 2022, às 10:52:51- Email: [email protected]



Mulher se nega a dançar com ex em rodeio e acaba morta a tiros; mais três pessoas foram baleadas

Na madrugada deste domingo, 24, um rodeio que ocorreu na estrada da Linha P-46, Zona Rural de Alta Floresta D’Oeste, acabou em um banho de sangue, após um fazendeiro executar a ex-companheira a tiros e deixar mais três pessoas baleadas, apenas porque a mulher se recusou a dançar com ele.

De acordo com informações levantadas pela reportagem do Segundo News, a Polícia Militar foi chamada com urgência ao local, onde estava ocorrendo o rodeio Circuito de Cowboy, pois um homem havia acabado de descarregar uma pistola contra uma mulher e teria fugido em um Fiat Strada modelo novo, de cor preta.

- Advertisement -

Durante o trajeto até o local dos fatos, os militares passaram pelo referido veículo na altura do km 01, da Linha P-50 e deram início ao acompanhamento tático. Após uma verdadeira caçada, onde o condutor acessou várias vias em alta velocidade, os policiais conseguiram abordá-lo próximo ao Hotel Paladium.

Identificado como J. P. G., de 37 anos, o condutor do carro, que é fazendeiro local,  confessou que “havia feito uma cagada em sua vida”, mostrando onde estava a arma usada no crime.

Após realizarem a prisão do suspeito e apreensão da pistola marca Taurus, modelo TH9C, calibre 9MM, que estava sobre o banco do carona municiada com um carregador com 12 projéteis intactas, mas com capacidade para 17, os policiais o interrogaram sobre o que havia acontecido.

Em seus relatos, J. disse que estava na festa, quando avistou Rayane Ferreira Nascimento, de 30 anos, com quem teve um relacionamento de aproximadamente 12 anos, tendo se separado a cerca de 60 dias, dançando com outro homem.

Ainda segundo o suspeito, ele teria chamado a ex para dançar também,  porém, ela se recusou, motivo este que o revoltou, tendo sacado da arma de fogo que portava na cintura e efetuado vários disparos contra a Rayane, fugindo em seguida.

Além de Rayane, que morreu no local, mais três pessoas deram entrado no Hospital Municipal, baleadas por J. durante os disparos efetuados contra a ex.

Os feridos foram uma doméstica de iniciais S. S. C., de 27 anos, que foi alvejada na perna esquerda, a adolescente de 17 anos D. O. C., ferida no abdômen e um o jovem R. C. P., de 25 anos, que foi atingido no braço direito.

Diante dos fatos, J. foi apresentado na Delegacia da Polícia Civil, onde foi flagranteado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio. A amar usada no crime estava devidamente documentada.

Fonte: Segundo News

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias