Sexta-feira, 20 de maio de 2022, às 07:02:30- Email: [email protected]



No Dia Nacional de Conscientização sobre Mudanças Climáticas, Sedam reforça comprometimento com clima

OS projetos de REDD é uma alternativa positiva para a elaboração para alternativas que promovam a sustentabilidade e recuperação da floresta.

No Dia Nacional da Conscientização sobre Mudanças Climáticas, celebrado em 16 de março, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), destaca a importância da data para promover as ações e atividades sobre o impacto das mudanças climáticas, com o intuito de avançar no trabalho ao enfrentamento dos impactos decorrentes ao clima.

Com o objetivo de promover a conscientização da população sobre a importância de ações que diminuam o agravamento dos impactos das mudanças climáticas, foi criado o Dia Nacional de Conscientização sobre as Mudanças Climáticas, celebrado neste 16 de março.

A data foi estabelecida pela lei nº12.533/2011 para viabilizar debates e mobilizações em torno de alternativas mais sustentáveis entre as mais diversas áreas.

- Advertisement -

Nesse cenário, o Assessor de Governança Climática e Políticas Públicas, Diogo Martins Rosa, lembra que as mudanças climáticas já estão ocorrendo e impactarão ainda mais nas vidas das próximas gerações.

A Sedam vem realizando diversas ações de combate às mudanças do clima. Um exemplo é a Redução de Emissões por desmatamento e degradação florestal – REDD+, um mecanismo desenvolvido pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) para recompensar financeiramente países em desenvolvimento por seus resultados de Redução de Emissões de gases de efeito estufa provenientes do desmatamento e da degradação florestal, considerando o papel da conservação de estoques de carbono florestal, manejo sustentável de florestas e aumento de estoques de carbono florestal (+).

Pulsionando a economia verde de baixas emissões, o Estado decolou em suas ações, implementando Projeto de Carbono Floresta – REDD+, na Resex Rio Preto Jacundá, e Projeto Rio Cautário, onde engloba diferentes programas com ações de monitoramento da biodiversidade, incentivo às ações que visam reduzir a pressão sobre a floresta, mantendo a floresta em pé através dos atores locais, valorizando o meio de vida tradicional, bem como compensando a conservação e a proteção daqueles que  cuidam e protegem a floresta.

Esse alcance dessas ações vem através de articulações políticas com instituições governamentais ambientais e fiscalizadoras, monitoramento do desmatamento por imagens de satélite, o patrulhamento físico da unidade de conservação, ocupação física estratégica do território, melhoria das práticas do manejo florestal e uso múltiplo e sustentável dos produtos da floresta.

Pensando em formas de melhorar o cenário ambiental, o assessor de mudanças climáticas elencou algumas dicas para a preservação do ecossistema: como utilizar recursos naturais com responsabilidade; fazer melhores escolhas ao consumir bens, produtos e serviços (consumir com consciência e apoiar iniciativas de carbono neutro, por exemplo); dar prioridade a atividades que reduzam a emissão de gases de efeito estufa como andar de bicicleta, reduzir o consumo de energia,  reduzir o uso de descartáveis; entre outras ações sustentáveis.

FÓRUM DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Compromisso assumido na 26ª Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas – COP26, realizada em Glasgow, na Escócia, o Governo de Rondônia estará promovendo no próximo dia 7 de abril, o Fórum rondoniense de Mudanças Climáticas.

O Fórum foi criado com o intuito de avançar no trabalho ao enfrentamento dos impactos decorrentes das mudanças climáticas e tem como proposta principal contribuir com a regulamentação e implementação da Política Estadual de Governança Climática e Serviços Ambientais (Lei Estadual n° 4.437/2018).

E tem como objetivo estimular a adoção de práticas e tecnologias para reduzir as emissões dos Gases do Efeito Estufa (GEE), e apoiar a Sedam na construção de programas ambientais relevantes para o desenvolvimento sustentável e assegurar a competitividade da economia de Rondônia, referente aos compromissos climáticos realizados em nível federal e estadual.

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias

Organismos de governo e da sociedade civil abordam combate à violência sexual infantil

Durante todo o dia 18 de maio, várias organizações...

Polícia tenta localizar homem que mutilou órgão sexual da esposa e fugiu levando filha de 9 meses

As forças policiais do Mato Grosso procuram José Odair...

Vereador Fogaça assina requerimento que pede retorno das sessões presenciais na Câmara Municipal de Porto Velho

O vereador Everaldo Fogaça (Republicanos), presidente da CCJR da...

PAULADAS: Esposa é socorrida pelo cunhado ao ser agredida pelo marido

Uma jovem de 22 anos foi agredida a pauladas...