Pandemia de Covid contribuiu para alta de 25% no registro de óbitos em Rondônia

Date:

O número de óbitos em Rondônia subiu 25% em 2021 em Rondônia, segundo dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), órgão que representa os Cartórios de Registro Civil do Brasil.

Esse aumento tem relação com o pico da pandemia da Covid-19, registrada nos meses de março e abril de 2021. Foram 2.639 óbitos a mais que em 2020. Segundo a Arpen, em 2021 foram 12.981 óbitos no estado. No ano passado foram registrados 10.342 óbitos.

Pandemia de Covid aumentou o registro de mortes

Mais de 30% dos óbitos registrados neste ano aconteceram em decorrência da doença. Das 12.981 mortes registradas nos cartórios do estado, 4.276 foram causadas pela Covid em 2021.

Segundo o levantamento da Arpen, foram 1.196 mortes por coronavírus apenas no mês de março, durante o pico da pandemia. Em abril, o estado chegou a registrar até 60 óbitos pela doença em um único dia.

Cinco principais causas de mortes em Rondônia

A Septicemia ocupa o primeiro lugar em causas de mortes, e é uma condição de resposta exagerada a uma infecção no corpo. Pode ser causada por bactérias, fungos ou vírus e dificulta o normal funcionamento do corpo.

As principais causas de mortes neste ano em Rondônia foram:

 Septicemia: 791 mortes
 Pneumonia: 694
 Causas cardiovasculares: 681
 AVC: 632
 Infarto: 590
 Insuficiência respiratória: 461

Cidades com maior número de óbitos:

 Porto Velho: 4.304
 Ji-Paraná: 1.236
 Ariquemes: 988
 Cacoal: 843
 Vilhena: 737
 Jaru: 407
 Ouro Preto do Oeste: 337
 Pimenta Bueno: 305
 Guajará-Mirim: 281
 Espigão D’Oeste: 242

 

DIÁRIO DA AMAZÔNIA

Compartilhar notícia:





Veja mais notícias

Ceeja em Cacoal deve atender 1.300 estudantes este ano; matrículas estão abertas até o dia 28

O retorno das aulas do Centro Estadual de Educação...

Prefeitura recebe veículo de transporte de maquinário obtido por emenda do deputado Mauro Nazif

Na manhã desta quinta-feira o Município de Cacoal recebeu...

Rondônia: Comprador de gado é executado a tiros em lanchonete no centro

O comprador de gado, Cicero de 52 anos, popularmente...