Domingo, 22 de maio de 2022, às 18:23:45- Email: [email protected]




SAÚDE – Edital de seleção de médicos segue aberto em Porto Velho com baixa apresentação de profissionais

Falta de profissionais reflete no atendimento em unidades de saúde da capital

Edital emergencial de chamamento busca suprir falta de profissionais

A pandemia da covid-19 vem testando os limites de atuação da saúde pública há quase dois anos. Para minimizar esses impactos, Porto Velho mantém aberto os editais para a contratação temporária de médicos e demais servidores da área da saúde.

- Advertisement -

Ana Cláudia, secretária-adjunta da SemadMesmo com a ação, o município ainda se depara com a baixa apresentação desses profissionais para assumir os cargos. Segundo o balanço da Secretaria Municipal de Administração (Semad), apresentado essa semana, desde março de 2021 já foram efetuadas a convocação de 256 médicos para atender as áreas urbanas e distritos de Porto Velho. No entanto, desse total, apenas 117 se apresentaram.

“A pandemia trouxe uma necessidade de mais profissionais. A demanda sempre foi muito alta e precisamos de mais frentes de trabalho. Com o passar do tempo, muitos profissionais pediram exoneração, saíram ou ficaram doentes, além de outros que se aposentaram. Com relação a covid-19, temos três editais emergenciais de chamamento e o Edital Nº 17/Semad/2021, exclusivo para médicos e que ocorre permanentemente”, destacou a titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Eliana Pasini.

A baixa procura e a não apresentação por parte dos profissionais da saúde refletem diretamente no atendimento em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. Atualmente, esses locais experimentam uma alta procura de pessoas com sintomas gripais, resultando em filas e tempo de espera.

Leia Também:  EXPERIÊNCIAS – Ex-prefeito faz visita de cortesia a Hildon Chaves

Falta de profissionais da saúde reflete no atendimento em unidades de saúde“Nesses quase dois anos de pandemia, fizemos o chamamento, mas os profissionais não estão comparecendo. Uma parte foi embora e outros encontraram ocupações fora da rede municipal, ou seja, são diversas situações. Já estamos em trâmite de um novo processo emergencial para que possamos renovar a relação de pessoal que queira trabalhar no município”, explica a secretária.

A demanda continua a ser maior nas UPAs e no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), áreas não tão desejadas por parte dos profissionais de saúde, que acabam optando por hospitais ou clínicas.

BAIXA NA APRESENTAÇÃO

Atualmente, dois editais convocam 25 médicos para manifestação quanto ao interesse em assumir o cargo. Porém, até o momento, apenas seis se apresentaram. Os prazos expiram em 10 e 13 de fevereiro para essas funções.

“O índice de médicos que se inscrevem e depois não apresentam a documentação é muito alto. Sem esses documentos, a gente não gera contrato e não tem como trabalhar. O município faz a sua parte, viabilizando o reforço médico, mas não temos como obrigá-los a atuarem nesta fase”, explica a secretária-adjunta da Semad, Ana Cláudia Magalhães.

Demanda continua a ser maior nas UPAs da capital A estratégia encontrada pela Semad foi montar uma força-tarefa de contato direto via telefone e e-mail, com os convocados, lembrando-os quanto ao prazo de entrega de documentos (na modalidade virtual) a fim de agilizar todo o processo administrativo.

Leia Também:  RECONHECIMENTO – Vencedores do prêmio Boas Práticas são anunciados durante Congresso Municipal de Educação

“Sempre falta alguma coisa e precisamos confirmar todas as informações apresentadas e se está dentro dos requisitos. A documentação exigida se baseia nos critérios necessários para assumir o cargo e temos todo esse cuidado”, completou a secretária-adjunta.

SALÁRIOS GARANTIDOS

A abertura de seleção de novos profissionais da saúde exige um estudo orçamentário que, posteriormente, é aprovado. “Há um estudo de quanto essas contratações irão impactar o orçamento e, após a análise junto aos setores envolvidos, abrimos um edital. Nada é aleatório, o processo é muito organizado. Os pagamentos aos médicos sempre estão garantidos junto às despesas com pessoal”, completa Ana Cláudia.

NOVA CONVOCAÇÃO

De acordo com a Semad, até a próxima sexta-feira (28), um edital de convocação de 15 novos médicos (40h e 20h) será publicado no Diário Oficial dos Municípios (DOM).

NOVO EDITAL

Nos próximos dias, um novo edital de seleção aos médicos e demais setores da saúde será divulgado pela prefeitura. Diversos cargos estão previstos, a exemplo de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnico de laboratório, entre outros. A publicação do certame ficará disponível no site www.portovelho.ro.gov.br.

Texto: Etiene Gonçalves
Foto: Leandro Morais e Saul Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias

Sicoob Fronteiras anuncia vagas abertas e oportunidades de trabalho em diversos cargos

O Sicoob Fronteiras está com diversas vagas de trabalho...

Aluna é detida suspeita de planejar ato terrorista em escola de Porto Velho

Os policiais civis identificaram a autora das ameaças e...

Quantidade de consultas

Assim, qualquer tentativa de instituir um determinado número de...