Domingo, 21 de abril de 2024, às 16:08:26- Email: [email protected]


Cacoal se destaca no Norte com a menor taxa de gravidez na adolescência

Em meio a uma preocupante realidade no Norte do Brasil, onde a taxa de gravidez na adolescência supera em até quatro vezes a média mundial, a microrregião de Cacoal se destaca como a única com um índice inferior à média global. Essa conquista é resultado de um trabalho conjunto entre os setores de saúde e educação, motivo de celebração para o município e exemplo a ser seguido pelas demais regiões, segundo o prefeito Adailton Fúria.

Segundo dados do IBGE, Cacoal possui uma taxa de gravidez na adolescência significativamente menor do que a média nacional e mundial. Essa conquista é ainda mais relevante quando comparada ao restante de Rondônia, onde as taxas são consideravelmente mais altas.

A gravidez na adolescência é considerada um problema de saúde pública, com graves consequências tanto para a saúde da mãe quanto para o bebê, além de impactos socioeconômicos negativos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para o aumento do risco de complicações durante a gestação e o parto, bem como para problemas de desenvolvimento no recém-nascido.

O município de Cacoal reconhece a importância da prevenção e tem investido em medidas para reduzir a gravidez na adolescência. Dentre as iniciativas, destaca-se a implantação da Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência em todas as escolas municipais, conforme previsto na Lei 13.978/2019.

De acordo com o prefeito Adailton Fúria, o sucesso de Cacoal demonstra que é possível combater a gravidez na adolescência por meio de ações eficazes e de um compromisso conjunto entre os setores de saúde, educação e comunidade. O município serve como exemplo para outras regiões do Norte e do Brasil, inspirando a implementação de políticas públicas e ações de conscientização que contribuam para a construção de um futuro mais promissor para as adolescentes.

Para além dos dados

O prefeito de Cacoal ressalta que a gravidez na adolescência não é apenas um problema estatístico, mas sim uma realidade que afeta a vida de milhares de adolescentes e suas famílias. Cada caso representa um drama pessoal com consequências duradouras. Ele afirma que a luta pela prevenção deve ser constante e envolver toda a sociedade, com o objetivo de garantir os direitos e o bem-estar das adolescentes.

“A implementação de novas estratégias e a busca por soluções inovadoras são essenciais para alcançar resultados ainda mais expressivos e garantir um futuro melhor para as adolescentes do município”, afirmou o prefeito, destacando o trabalho conjunto da Secretaria Municipal de Saúde em conjunto com o Gabinete e outras secretarias e departamentos da Prefeitura que atuam diretamente com questões ligadas à infância e adolescência.

Um compromisso com o futuro

A luta contra a gravidez na adolescência é um compromisso com o futuro das adolescentes e da sociedade como um todo. O sucesso de Cacoal demonstra que é possível construir um cenário mais positivo, com mais oportunidades para as jovens e menos desigualdades. É preciso que todos os setores da sociedade se unam nesse combate, para que a gravidez na adolescência deixe de ser um problema de saúde pública e um obstáculo ao desenvolvimento social.


spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
spot_img


Veja outras notícias aqui ▼