Mais de 4 mil consumidores renegociaram dívidas no Feirão Nome Limpo em Porto Velho

Date:

Iniciativa do mandato da deputada Mariana Carvalho atendeu outras 3 mil pessoas no interior do estado

Durante três dias mais de quatro mil pessoas compareceram ao Porto Velho Shopping para renegociar dívidas atrasadas. Elas participaram do Feirão Nome Limpo, organizado pela deputada federal Mariana Carvalho. O evento contou com a participação de diversos parceiros e deu a oportunidade a milhares de pessoas de tirarem o nome do vermelho antes das festas de fim de ano.

Mariana Carvalho foi a presidente da Comissão Especial da Câmara responsável pela análise da proposta que, após aprovada, se tornou conhecida como a Lei do Superendividamento.

“Após a nossa contribuição para que a lei fosse aprovada, nada mais justo que torná-la efetiva colocando em prática aquilo que ela prevê como a negociação de dívidas com possibilidade de parcelas reduzidas e que estejam de acordo com a renda do consumidor. Por isso, tive a ideia de organizar o Feirão Nome Limpo”, afirmou.

O Feirão Nome Limpo, idealizado pela deputada, contou com uma grande rede de parceiros. A Fecomércio participou ativamente de toda a organização e logística das cinco edições do feirão realizadas entre outubro e dezembro. Órgãos como a Defensoria Pública do Estado de Rondônia, o Procon e a Secretaria de Fazenda também estiveram presentes na organização.  A Caerd e a Energisa também deram a oportunidade de negociação aos clientes durante o evento. Serasa, CDL, SPC, Associações Comerciais, Febraban, Conexis (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonias) e lojas como a Gazin, Havan e Irmãos Gonçalves também participaram.

Antes de chegar a Porto Velho, o Feirão passou pelas maiores cidades do interior de Rondônia: Ariquemes, Ji-Paraná, Vilhena e Cacoal. Em quatro edições, mais de 3 mil atendimentos foram realizados nestes municípios.

Mariana lembra que o índice de inadimplência no estado é em torno de 30% e que o Feirão Nome Limpo ajudou mais de 7 mil famílias a terem um Natal mais tranquilo, com seus nomes limpos e podendo voltar a comprar a prazo, por exemplo.

Em Porto Velho, o evento teve a duração de três dias, tendo em vista que a capital do estado tem o maior índice de inadimplência: 40% da população com dívidas ativas atreladas ao seu CPF. De acordo com o Serasa, Rondônia tem mais de 668 mil endividados.

“Queremos dar continuidade aos feirões e ajudar a população a mudar essa realidade, limpar seus nomes e resgatar a dignidade”, garantiu Mariana.

Compartilhar notícia:





Veja mais notícias

SAÚDE – Edital de seleção de médicos segue aberto em Porto Velho com baixa apresentação de profissionais

Falta de profissionais reflete no atendimento em unidades de...

Motorista flagra caminhonete capotada sozinha às margens da BR 174, em Vilhena

Nesta quinta-feira, (27), um motorista que passava pela BR-174,...

Traficantes são presos na fronteira com mais de meia tonelada de droga

Mais de 608 kg de de cocaína, avaliados em...

MEC oficializa pagamento do Piso do Magistério

Por meio das redes sociais o presidente, Jair Bolsonaro,...