Morre menina com câncer que realizou último desejo de ver Homem-Aranha

Date:

Três dias após realizar seu último desejo, de assistir ao filme Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, a menina Sophia Vitória, de 12 anos, faleceu. A informação foi confirmada pelo Hospital Pediátrico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Com câncer terminal, ela conseguiu mobilizar médicos e familiares para conseguir um ingresso para a nova produção de seu herói preferido. A empresa Kinoplex concedeu à jovem uma sessão especial no Shopping Rio Sul, na zona sul do Rio, na última quinta-feira (16/12).

Poucas horas antes de necessitar voltar ao hospital com o quadro agravado, a menina recebeu um vídeo especial. O ator americano Willem Dafoe, que interpreta o vilão Duende Verde, fez uma surpresa para a garota.

“Uma amiga me falou sobre você. Sei que você é uma grande fã do Homem-Aranha. Sei que você viu o filme. Eu só queria dizer olá e contar que estou pensando em você e te mandando o meu amor de onde estou, na Itália”, diz o ator, que preferiu não tornar público o material.

A empresária brasileira do artista foi quem fez com que a notícia chegasse até ele. Nathalia Scarton é amiga e sócia de Willem Dafoe há anos.

Diagnóstico

Em julho deste ano, a família de Sophia descobriu uma grave aplasia medular na menina. De acordo com a mãe, os sintomas iniciais que ligaram o sinal de alerta foram: dor de cabeça, fraqueza, taquicardia e fluxo menstrual intenso.

Ela foi, então, diagnosticada e internada no Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IPPMG), da UFRJ, na Ilha do Fundão. O único tratamento para a menina seria um transplante de medula óssea, que teve compatibilidade encontrada em uma de suas irmãs e a cirurgia foi marcada.

No entanto, posteriormente, foi identificado um tumor intramandibular, junto à carótida, artéria que leva sangue e oxigênio ao cérebro, e a cirurgia precisou ser adiada.

“A partir deste momento, ela começou a ficar mais debilitada. As transfusões começaram a ser mais recorrentes, os antibióticos aumentaram muito. Foram muitos procedimentos cirúrgicos”, lembrou Kellen ao Globo.

Em novembro, uma nova detecção: Sophia foi diagnosticada com mucormicose, infecção fúngica oportunista altamente invasiva conhecida também como “fungo negro”. Desde então, chegou a ficar internada no CTI e ser intubada. Os médicos não conseguiram conter o avanço da doença e decidiram, junto à família, que seria melhor que a menina fosse levada para casa sob cuidados paliativos.

“A medicina disse que já fez tudo que podia, não há mais recursos. O quadro dela, segundo os médicos, é de fim de vida. Somos evangélicos. Creio que todos nós temos um tempo de vida aqui, Deus tem o melhor para a vida dela. Agora, o sim ou o não, quem decide é Deus. Ele é o dono da vida dela e pode dar a cura mesmo que a medicina tenha esgotado todos os recursos. Cremos que o milagre possa acontecer. Sophia é uma menina esperta, especial, inteligente e cativante. No momento, ela precisa do apoio de um cilindro de oxigênio porque a saturação dela tem se mantido muito baixa”, assegurou Kellen.

“Tenho muita fé e agradeço toda a corrente de oração que tem sido feita pela minha vida, de pessoas que eu não conheço e que vêm orando pela minha vida. Confio em Deus, estou consciente de tudo que pode acontecer daqui para frente”, declarou Sophia.

Compartilhar notícia:





Veja mais notícias

Ceeja em Cacoal deve atender 1.300 estudantes este ano; matrículas estão abertas até o dia 28

O retorno das aulas do Centro Estadual de Educação...

Prefeitura recebe veículo de transporte de maquinário obtido por emenda do deputado Mauro Nazif

Na manhã desta quinta-feira o Município de Cacoal recebeu...

Rondônia: Comprador de gado é executado a tiros em lanchonete no centro

O comprador de gado, Cicero de 52 anos, popularmente...