Sexta-feira, 19 de agosto de 2022, às 06:13:40- Email: [email protected]




Polícia Civil deflagra operação “Resguardo sem Fronteiras” e evita feminicídio

Na manhã desta quinta-feira(19/05), através de ação integrada das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher dos Municípios de Cacoal e Guajará-Mirim, foi deflagrada a operação RESGUARDO SEM FRONTEIRAS, que consistiu no cumprimento de medida cautelar em defesa de mulher vítima de ameaça real, dito como promovido pelo ex-amásio, fato esse ocorrido no município de Cacoal, sendo que o suposto infrator, para tentar se subtrair da Lei, se deslocou a Guajará-Mirim, local esse onde, segundo denúncia, o investigado mantinha sob a sua guarda armas de fogo de calibres diferentes, causando sensação de pânico e temor à ex-mulher ameaçada.

Sob a coordenação do delegado regional de Polícia Civil, Rogério Pereira dos Santos e delegado Milton José da Silva, titular da DEAM em Guajará-Mirim, policiais civis com apoio policiais militares do NI/6 BPM, se dirigiram até um imóvel residencial situado a Av. 12 de Outubro, bairro Planalto, local onde os moradores se recusavam a abrir o imóvel, mesmo com as equipes de posse de Mandado Judicial.

- Advertisement -

Mediante o uso de técnicas policiais, foi possível adentrar na casa, no entanto, o investigado tentou se desfazer das armas de fogo, sendo encontradas aos fundos do imóvel, na área externa, eis que foram arremessadas como tentativa de evitar a situação de flagrante delito.

A perspicácia dos policiais foi fundamental a encontrar, lançada aos fundos do imóvel UMA PISTOLA CALIBRE 9MM e UM REVÓLVER CALIBRE 38, ambos municiados, além de munições de calibre ponto 40 e ponto 44. Diante do constatado, o infrator T.J.G.A., de 36 anos, foi preso em flagrante e apresentado perante a autoridade policial, para a autuação em flagrante delito.

Na casa, também foi apreendida considerável quantia em dinheiro nacional e estrangeiro (dólares), cuja origem não se comprovou, além de objetos de interesse da investigação.

O delegado regional ressaltou que a Polícia Civil do Estado de Rondônia permanece alinhada e atenta, para coibir toda e qualquer prática criminosa, sendo todas as ações realizadas com a sinergia necessária a proteção da mulher.

Fonte: Assessoria

Compartilhar notícia:






Veja mais notícias

spot_img

TSE promove curso sobre Direito Eleitoral e Eleições 2022 para profissionais de comunicação

A Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (EJE/TSE)...

Vídeo. Cadela e filhotes são resgatados de buraco no Entorno do DF

Animais estavam em local de difícil acesso e foram...

GO: mãe ia trabalhar e deixava menina de 3 anos sozinha em casa; vídeo

conselho Tutelar foi acionado e advertiu a mãe da...

PF: médico perito federal é preso por fraude na Previdência Social

Segundo a investigação, suspeito fraudava atestados, a maioria para...